sexta-feira, 26 de outubro de 2012

São Luís Orione

26 de Outubro


A- A+

São Luís Orione O Papa João Paulo II, em 1980, colocou diante dos nossos olhos um grande exemplo de santidade expressa na caridade: Luís Orione.

Nasceu em Pontecurone, um pequeno município na Diocese de Tortona, no Norte da Itália, no dia 23 de junho de 1872. Bem cedo percebeu o chamado do Senhor ao sacerdócio. Ao entrar no Oratório, em Turim, recebeu no coração as palavras de São Francisco de Sales lançadas pelo amado São João Bosco: "Um terno amor ao próximo é um dos maiores e excelentes dons que a Divina Providência pode conceder aos homens".

Concluiu o ginásio, deixou o Oratório Salesiano, voltou para casa e depois entrou no seminário onde cursou filosofia, teologia, até chegar ao sacerdócio que teve como lema: "Renovar tudo em Cristo".

Luís Orione, sensível aos sofrimentos da humanidade, deixou-se guiar pela Divina Providência a fim de aliviar as misérias humanas.

Sendo assim, dedicou-se totalmente aos doentes, necessitados e marginalizados da sociedade. Também fundou a Congregação da "Pequena Obra da Divina Providência". Em 1899, Dom Orione deu início a mais um Ramo da nova Congregação: os "Eremitas da Divina Providência".

Em 1903, Dom Orione recebeu a aprovação canônica aos "Filhos da Divina Providência", Congregação Religiosa de Padres, Irmãos e Eremitas da Família da Pequena Obra da Divina Providência. A Congregação e toda a Família Religiosa propunha-se a "trabalhar para levar os pequenos os pobres e o povo à Igreja e ao Papa, mediante obras de caridade".

Dom Orione teve atuação heróica no socorro às vítimas dos terremotos de Reggio e Messina (1908) e da Marsica (1915). Por decisão do Papa São Pio X, foi nomeado Vigário Geral da Diocese de Messina por 3 anos. Vinte anos depois da fundação dos "Filhos da Divina Providência", em 1915, surgiu como novo ramo a Congregação das "Pequenas Irmãs Missionárias da Caridade", Religiosas movidas pelo mesmo carisma fundacional.

O zelo missionário de Dom Orione cedo se manifestou com o envio de missionários ao Brasil em 1913 e, em seguida, à Argentina, ao Uruguai e diversos países espalhados pelo mundo. Dom Orione esteve pessoalmente como missionário, duas vezes, na América Latina: em 1921 e nos anos de 1934 a 1937, no Brasil, na Argentina e no Uruguai, tendo chegado até ao Chile. Foi pregador popular, confessor e organizador de peregrinações, de missões populares e de presépios vivos. Grande devoto de Nossa Senhora, propagou de todos os modos a devoção mariana e ergueu santuários, entre os quais o de Nossa Senhora da Guarda em Tortona e o de Nossa Senhora de Caravaggio; na construção desses santuários será sempre lembrada a iniciativa de Dom Orione de colocar seus clérigos no trabalho braçal ao lado dos mais operários civis.

Em 1940, Dom Orione atacado por graves doenças de coração e das vias respiratórias foi enviado para Sanremo. E ali, três dias depois de ter chegado, morreu no dia 12 de Março, sussurrando suas últimas palavras: "Jesus! Jesus! Estou indo."

Vinte e cinco anos depois, em 1965, seu corpo foi encontrado incorrupto e depositado numa urna para veneração pública, junto ao Santuário da Guarda, em Sanremo na Itália.

O Papa Pio XII o denominou "pai dos pobres, benfeitor da humanidade sofredora e abandonada" e o Papa João Paulo II depois de tê-lo declarado beato em 26 de outubro de 1980, finalmente o canonizou em 16 de maio de 2004.

São Luís Orione, rogai por nós!

Fonte: http://www.cancaonova.com/portal/canais/liturgia/santo/index.php

Evangelho (Lucas 12,54-59)

Sexta-Feira, 26 de Outubro de 2012
29ª Semana Comum


A- A+


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 54Jesus dizia às multidões: “Quando vedes uma nuvem vinda do ocidente, logo dizeis que vem chuva. E assim acontece. 55Quando sentis soprar o vento do sul, logo dizeis que vai fazer calor. E assim acontece. 56Hipócritas! Vós sabeis interpretar o aspecto da terra e do céu. Como é que não sabeis interpretar o tempo presente? 57Por que não julgais por vós mesmos o que é justo?
58Quando, pois, tu vais com o teu adversário apresentar-te diante do magistrado, procura resolver o caso com ele enquanto estais a caminho. Senão ele te levará ao juiz, o juiz te entregará ao guarda, e o guarda te jogará na cadeia. 59Eu te digo: daí tu não sairás, enquanto não pagares o último centavo”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor. 
Fonte: http://www.cancaonova.com/portal/canais/liturgia/ 

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Evangelho (Lucas 11,1-4)

Quarta-Feira, 10 de Outubro de 2012

27ª Semana Comum


A- A+


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

1Um dia, Jesus estava rezando num certo lugar. Quando terminou, um de seus discípulos pediu-lhe: “Senhor, ensina-nos a rezar, como também João ensinou a seus discípulos”. 2Jesus respondeu: “Quando rezardes, dizei: ‘Pai, santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino. 3Dá-nos a cada dia o pão de que precisamos, 4e perdoa-nos os nossos pecados, pois nós também perdoamos a todos os nossos devedores; e não nos deixes cair em tentação’”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor. 
Fonte: http://www.cancaonova.com/portal/canais/liturgia/ 

Festa de “Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.” Ano de 2012, Povoado Brinquinho-Simão Dias/SE.


Festa de “Nossa Senhora do Perpétuo Socorro”
Povoado Brinquinho-Simão Dias/SE.
Tema Central: “A Família: o Trabalho e a Festa”
DIA
TEMAS
PATROCINADORES
CELEBRANTES/PALESTRANTES
19
“O segredo de Nazaré”
Noite em Ação de Graças a “Nossa Senhora do Perpétuo Socorro”
Pe. Alberto (Boquim/SE)
20
“A família gera a vida”
Aposentados, idosos e Dizimistas
Pe. Rodrigo Fraga Dantas (Vigário Paroquial de Simão Dias/SE)
21
“A família vive a provação”
Comerciantes
Irmã Ednilza (Simão Dias/SE)
22
“A família anima a sociedade”
Agricultores, Terço dos Homens e Terço das Mulheres
Pe. Ribeiro (Estância/SE)
23
“O trabalho, recurso para a família”
Crianças e Catequistas
Josge Bastos (Lagoa Grande-Simão Dias/SE)
24
O trabalho, desafio para a família”
Movimentos: Mãe Rainha, Legião de Maria e Famílias
Pe. Rodrigo Fraga Dantas (Vigário Paroquial de Simão Dias/SE)
25
“A festa, tempo para a família”
Estudantes e Funcionário
Pe. Humberto da Silva (Pároco de Simão Dias/SE)
26
“A festa, tempo para o Senhor”
Motoristas e Motoqueiros
Pe. João (Paripiranga/BA)
27
“A festa, tempo para comunidade”
Comunidades e Jovens
Pe. Lázaro (Coronel João Sá/BA)
28- Encerramento da Festa:
05:00h-Alvorada.
14:00h-Batizados e Consagrações.
15:30h-Procissão.
16:00h-Celebração Eucarística, presidida por Pe. Gileumar Henrique Alves (Vigário Paroquial de Simão Dias/SE)
Obs.: Horário das Celebrações e Novenas, 19:30h.

VOXPATRIS FM